Signos Signo de Áries Signo de Touro Signo de Gêmeos Signo de Câncer Signo de Leão Signo de Virgem Signo de Libra Signo de Escorpião Signo de Sagitário Signo de Capricórnio Signo de Aquário Signo de Peixes

Horóscopos - Os Signos e suas características

Leão - Origem

MITO - APOLO

Filho de Zeus e Neto, e irmão gêmeo de Ártemis, era o grande Deus Solar. Seu mito acabou por suplantar completamente o de Hélio, o Sol propriamente dito.

Logo após o nascimento, seu primeiro pedido foi um arco e flechas. Recebeu-os de Hefestos e tornou-se o deus arqueiro. Com sua mira precisa, visualizava um alvo distante que suas setas certeiras jamais erravam.

Apolo, munido com essas armas, realizou sua aventura mais importante. Dirigiu-se para o Monte Parnaso, onde, escondida numa caverna, morava a serpente Píton, inimiga de sua mãe. A serpente fugiu para o Oráculo da Mãe-Terra em Delfos, onde o deus liquidou-a com suas flechas certeiras, junto da fenda sagrada. Afrontada, a Mãe-Terra foi lamentar-se a Zeus. Depois desse episódio de crime e sangue, Apolo precisava purificar-se. O Grande Senhor Olímpico ordenou-lhe que fosse para o Vale de Tempe, onde ficou durante um ano. Zeus também instituiu, em honra de Píton, os Jogos Píticos, aos quais seu filho deveria presidir como penitência.


Finalmente purificado, o deus regressou à Grécia com seu cortejo de sacerdotes, e foi recebido com festas e honras. Apoderando-se do Oráculo de Delfos, em seu lugar ergueu seu templo. Forçou a sacerdotisa do Oráculo, a pitonisa, a ficar a seu serviço, apossando-se também de seu dom de profecia. Nesse santuário, o deus consagrou a trípode, coberta com a pele de Píton, onde se sentava a pitonisa para proferir os seus oráculos.

Antes de responder às consultas, a sacerdotisa descia por uma cavidade para tocar o "Ônfalos" - pedra que simbolizava o umbigo da Terra e o centro do mundo. Depois que Apolo apoderou-se do Oráculo, a pedra passou a ser considerada como símbolo fálico, representante do deus.

Na entrada do templo, liam-se seus dois preceitos mais famosos: "Conhece-te a ti mesmo" e "Nada em demasia". E também suas leis mais importantes: Curva teu espírito; observa teu limite; despreza o orgulho; mantém a reverência; teme a autoridade; reverencia e ajoelha-te ante a divindade; mantém as mulheres sobre controle.

Apolo era o legislador e aquele que punia os erros. As cidades enviavam emissários a Delfos em busca de conselhos, e ministros de Apolo eram enviados às cidades gregas como intérpretes das leis civis e religiosas.

Apolo era um antigo deus asiático, provavelmente ligado ao culto da Lua, que sofreu vários sincretismos e assumiu vários atributos: desde um deus protetor dos rebanhos e dos pastores, das flechas certeiras, da música e dos poetas até a grande divindade purificadora, deus da profecia e da medicina. A diversidade de influências e de funções reunidas em torno de um único deus tornava-o uma figura mítica bastante complexa.

Apolo era representado como um deus jovem, muito belo, alto e de longos cabelos negros. Era uma divindade solar, brilhante, incorruptível, porém suas unições podiam ser terríveis. Era o filho mais importante de Zeus e também o mais respeitado pelos olímpicos, depois do pai. Teve vários amores com ninfas e com mortais e também muitos filhos.

Origem dos outros signos

| Áries | Touro | Gêmeos | Câncer | Leão | Virgem | Libra | Escorpião | Sagitário | Capricórnio | Aquário | Peixes